Executar um Bike Fit com um profissional habilitado pode trazer ganho considerável de tempo em sua prova, mais inclusive do que alguns equipamentos que são adquiridos com esse mesmo propósito.Encontrar o perfeito equilíbrio entre conforto, potência e aerodinâmica, e um dos fatores principais para  uma boa experiência em prova.

Esse artigo foi publicado inicialmente no Training Peaks

Conforto

Estar em posição confortável em sua bike não quer dizer que deva ficar sempre na vertical ou de forma não agressiva. Por isso o conforto e o desafio principal de um “bike fitter” e da trilogia e o fator decisivo para economia de tempo durante a prova. Quanto mais confortável estiver na bike, mais poderá ficar na posição aero durante a prova.  Estar na melhor posição aerodinâmica não será nada vantajoso se essa posição trará dores nas costas, lombar, bíceps entre outros.

O conforto se inicia com o banco de sua bike, o emparelhamento do atleta e o banco ira permitir o correto suporte musculo esquelético, assim como permitira o movimento de rotação pélvica perfeita. Dessa maneira você estará apto a relaxar seu core e isso permitira um pedal constante e se manter em posição aérea confortavelmente.

Potência

Potência também começa no banco, quando o atleta e posicionado na bike, uma das coisas que se busca em um bike fit e a altura perfeita do banco, que permitira o que chamamos de posição ideal do joelho e posição ideal do quadril. Ao contrario a posição muito baixa do banco fara com que o musculo não seja utilizado em sua potência ótima de contração e isso custara bons watts de potência. Por outro lado, a posição muita alta trará um movimento de super- extensão do musculo, causando uma fadiga precoce do musculo além de causar também a perda de preciosos watts.

A posição da mesa da bike também tem papel importante na potência, pois posicionada de forma errada em relação a altura e distancia do banco, ao invés de trazer a possibilidade de descansar seu corpo e trazer ganho de potência, exigira demasiadamente do seu core e parte superior do corpo para manter sua posição na bike, ao invés de isolar seu core permitindo que seja isolada a potência para os pedais.

Aerodinâmica

Vencidas as questões acerca de Conforto e Potência, chegou a hora de debruçar-se na Aerodinâmica.

Encontrar o capacete aero que potencialize sua posição especificamente. Ao contrario do que muitos falam, não ha o capacete “mais rápido” isso varia muito de atleta para atleta em relação a posição de cabeça e pescoço de cada um em sua melhor posição aerodinâmica. Um bom bike fitter irá auxiliar a encontrar o melhor capacete aerodinâmico para você.

Tente encontrar na bike a posição ideal dos seus braços e mãos, cuidado para não fechar demasiadamente os cotovelos ou a altura das mãos para não causar uma posição desconfortável e não sustentável ao longo do percurso de prova.

Lembre-se, durante a prova sempre se questione sobre a sua posição ideal, em relação ao conforto, potência e aerodinâmica. Perguntando-se “estou confortável?” “ estou com a parte superior relaxada e minha potencia esta indo para o pedal?” “estou em posição aerodinâmica? Minha cabeça esta na posição ideal?”. Você terá todas essas respostas em função do bike fit efetuado com todas as suas particularidades.